Rali de regularidade reúne categorias com donos de Amarok e outros modelos 4×4.

A primeira temporada do Amarok Spirit chegou ao fim com a terceira etapa disputada em Campos do Jordão (SP), em 9 de novembro. O rali de regularidade é um encontro off-road em que donos de Volkswagen Amarok de várias cidades enfrentam trilhas incríveis em meio a paisagens deslumbrantes. A prova inicial aconteceu em Tuiuti, em maio, e a segunda em Avaré, em agosto, ambas em São Paulo.

Com o patrocínio do site AUTOLINE, o Amarok Spirit 2019 é organizado pela Regional 2 da Associação Brasileira dos Distribuidores Volkswagen (Assobrav), que abrange as concessionárias do interior de São Paulo, e DNF&G Comunicação.

A competição cresceu prova a prova. Em Tuiuti, 22 picapes participaram da largada, ao passo que 35 veículos desbravaram as trilhas de Campos do Jordão. Eles fazem parte da categoria principal Amarok, mas o evento é aberto a modelos de outras marcas, que disputam a categoria Amigos 4×4.

A etapa de Campos do Jordão também se caracterizou pela solidariedade. Ao fazer a inscrição, cada competidor foi convidado a doar 1 kg de alimento não perecível ao Fundo Social da cidade, que atende 70 famílias carentes.

Antes da largada, os participantes se reuniram no briefing, momento em que o diretor de prova, Sandro Dib, explicou o regulamento e passou todas as orientações da prova off-road. No rali de regularidade a velocidade não importa. O que vale é chegar nos postos de comando (PC) no tempo mais próximo possível do definido na planilha. Quanto menor o número de pontos acumulados, melhor.

A exemplo do que havia ocorrido na etapa de Tuiuti, a reportagem de AUTOLINE acompanhou o rali na Amarok V6 número 10 de Gilberto Bigarelli Júnior, que dessa vez formou dupla com André Gutenberg. O início dos 134 km de rali aconteceu no Centro de Eventos André Franco Montoro e cada carro saia com intervalos de um minuto.

Enquanto as Amarok e demais veículos 4×4 rodavam na terra, havia atividades extras no quartel general do evento. Vários modelos da Volkswagen estavam disponíveis para os interessados realizarem o Best Drive, avaliação para conhecer os carros e, quem sabe, fechar negócio depois da experiência.

O rali teve um ingrediente a mais em Campos do Jordão: a chuva, que deixou as trilhas ainda mais escorregadias e desafiadoras. A Amarok número 4 de Davi Cruz, por exemplo, perdeu o controle e atolou na lama. “Rapidamente fui socorrido pela equipe de apoio e pude continuar na competição”, afirmou.

A terceira etapa do Amarok Spirit passou por lindos cenários. As trilhas serpentearam o famoso ponto turístico Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí, e percorreram as cidades mineiras de Brasópolis, Piranguinho e Itajubá, até retornar a Campos do Jordão depois de quatro horas e meia de prova.

Encerrada a apuração dos tempos, a boa notícia: Gilberto Bigarelli e André Gutenberg classificaram-se em segundo lugar. Mas o rali ficou em casa, pois o irmão de Gilberto, Luciano Bigarelli, venceu a etapa ao lado da esposa Gleice. A organização também premiou as duplas vencedoras da categoria Amigos 4×4 e, por fim, entregou troféus aos campeões da temporada, que tiveram o melhor desempenho computadas as três etapas.

As três etapas do Amarok Spirit 2020 já estão marcadas para as cidades paulistas de São José do Rio Preto (maio), Ribeirão Preto (agosto) e Itu (novembro). As datas serão definidas em breve.

A seguir, veja as duplas que chegaram nas primeiras posições nas duas categorias no rali de Campos do Jordão e os campeões da temporada:

Categoria Amarok

1º Luciano Bigarelli / Gleice de Lima Bigarelli

2º Gilberto Bigarelli / André Gutenberg

3º Harm Sebastiaan Vermeij / Cornélia Haupt

Categoria Amigos 4×4

1º Raphael de Almeida Melo / Leonardo Gimenes Sato

2º Cristiano Palmeiras / Patrícia Palmeiras

3º Enedson da Silva Gomes / Ana Helena de Souza Campos

Classificação geral

Categoria Amarok

1º Marcos Luís Borges / Ana Rosa Borges

2º Gustavo Silveira Fávero / Ian Fávero

3º Marcelo Cyrino da Silva / George Neves

Categoria Amigos 4×4

1º Cristiano Palmeiras / Patrícia Palmeiras

2º Kaleo Bortolin / Fernanda Bortolin

3º Johannes Veloso Cristoni / Bruno Cruz

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.